Medicina veterinária - o que precisas de saber

A medicina veterinária é uma das profissões mais apreciadas quando somos mais novos. Contudo, ser veterinário vai muito além de cuidar dos animais.

O médico veterinário dá assistência clínica e cirúrgica a todo o tipo de animais, cuida da saúde, alimentação e reprodução, controla doenças, entre outros.

Queres seguir esta área? Vê aqui o que precisas de saber.


Áreas de estudo abordadas

Sabias que o médico veterinário recebe formação até sobre a produção de alimentos e outros bens de origem animal? Desde o diagnóstico de patologias à prescrição de tratamentos, a lista das áreas abordadas nesta formação é vasta e bem completa. Deixamos algumas das mais comuns:
Morfofisiologia dos Animais;
Anatomia;
Bioquímica e Biofísica;
Biologia Molecular e Genética;
Imunologia;
Histologia;
Microbiologia;
Parasitologia;
Ciências Humanas e Sociais;
Economia, Administração Rural e Empreendedorismo;
Patologia Animal;
Diagnóstico por Imagem;
Farmacologia e Toxicologia;
Tecnologia e Inspeção de Produtos de Origem Animal;
Clínica Cirúrgica Animal;
Clínica Médica e Terapêutica Animal;
Biotecnologia e Fisiopatologia da Reprodução;
Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Pública;
Alimentação e Nutrição Animal;
Criação de Animais Domésticos e Silvestres;
Bioética;


Quais são as saídas profissionais deste curso?

As saídas profissionais de medicina veterinária passam por exercer a função de médico veterinário em clínicas de animais de companhia ou espécies exóticas e selvagens, entre outros; empresas de nutrição animal, produção de rações e alimentos para animais; empresas de medicamentos para animais, biotecnologia e diagnóstico; médico veterinário no âmbito da tecnologia dos produtos de origem animal em empresas (empresas de carnes, leite, ovos, pescado, entre outros), no âmbito da qualidade e segurança alimentar em empresas públicas ou privadas de produção primária, em indústrias de transformação, distribuição e venda de alimentos de origem animal ou médico veterinário em organismos nacionais, europeus e internacionais responsáveis pela ação reguladora da saúde animal e da saúde pública. Também é possível exercer a função de médico veterinário em várias vertentes do ensino e da investigação.


Em que zonas do país existe formação superior em medicina veterinária?

O curso de medicina veterinária é lecionado em vários pontos do país. De acordo com a informação disponibilizada pela Direção-Geral do Ensino Superior destacamos as principais universidades onde é possível obter formação superior na área da medicina veterinária: Universidade de Évora, Universidade de Lisboa, Universidade do Porto, Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro, entre outras.


Para se ser médico veterinário é preciso, para além do gosto pelos animais, ter a capacidade de agir consoante o que é o melhor para o animal, mesmo que por vezes essa escolha não seja a mais fácil. Uma das características mais importantes destes profissionais é saber agir de cabeça fria, uma vez que poderá enfrentar situações mais complicadas no dia a dia. Ou seja, é preciso desenvolver a inteligência emocional.

Algumas das características essenciais destes profissionais passam pela capacidade de observação, raciocínio lógico, empatia, trabalho em equipa, resiliência, paciência, persistência, confiança e amor aos animais.

Ainda restam dúvidas sobre que curso/ área escolher? Consulte as nossas psicólogas de Orientação Vocacional. Saiba mais informações através do 234 100 001 (Aveiro) 213 404 602 (Lisboa) 221 201 431 (Porto) ou através de ditame@ditame.com.

 

Fontes:
https://www.dges.gov.pt/guias/indcurso.asp?curso=9847 • https://quecurso.com.br/blog/medicina-veterinaria/ • https://querobolsa.com.br/carreiras-e-profissoes/veterinario • https://www.utad.pt/estudar/cursos/medicina-veterinaria/ •  https://eduportugal.eu/opcoes-de-estudo/medicina-veterinaria-2/ • https://blog.unopar.com.br/como-ser-veterinario/

 

Localização