Notícias
Mudar de curso na universidade | O que precisa de saber.
Mudar de curso na universidade | O que precisa de saber.
2019-11-25

Por vezes achamos que o curso que escolhemos é exatamente aquilo que queremos para o nosso futuro, mas quando chegamos ao ensino superior percebemos que não é bem assim. Saiba o que precisa para mudar de curso na universidade, abaixo:  

Qualquer mudança deve ser feita de forma consciente e envolve bastante pesquisa. 

Ao mudar de curso na universidade é importante ter em conta os prazos e critérios adotados pela Instituição de Ensino Superior (IES) à qual o estudante se pretende inscrever. Cada IES tem autonomia para estabelecer as suas próprias regras e prazos, desde que estejam em concordância com a legislação em vigor. 

Para efetuar o pedido o estudante deve apresentar um requerimento na IES a que pretende inscrever-se. 

O limite de vagas é definido por cada IES, que tem competências para estabelecer os critérios de seriação e desempate, criando para o efeito um regulamento próprio. 

A mudança de curso para os quais sejam exigidos, nos termos do regime geral de acesso, pré-requisitos ou aptidões vocacionais específicas avaliadas através de concursos locais, está condicionada à satisfação dos mesmos.

No ano letivo em que o estudante tenha sido colocado num curso de ensino superior ao abrigo de qualquer regime de acesso e ingresso e se tenha matriculado e inscrito, não é permitida a mudança de curso. Só são aceites requerimentos no decorrer do ano letivo a título excecional, por motivos especialmente aceitáveis, e desde que existam condições para a integração académica dos alunos.

Se está com dúvidas sobre que área seguir no futuro consulte os nossos serviços de orientação vocacional, aqui.

 

Para mais informações sobre mudar de curso na universidade, consulte:

https://dre.pt/application/conteudo/115868393 | https://dre.pt/application/file/a/123610772 | https://www.dges.gov.pt/pt/pagina/mudanca-de-par-instituicaocurso | https://uniarea.com/estou-no-curso-superior-errado-e-agora/

« Voltar à página de Notícias